Gabarito Prova Concurso Papiloscopista Policial PCSP 2013: data, horário, site e link de divulgação

A divulgação do gabarito oficial preliminar da prova objetiva, aplicada neste domingo, do Concurso Público 2013 da  Polícia Civil do Estado de São Paulo - PCSP, ocorrerá no endereço eletrônico http://www.vunesp.com.br/pcsp1206/, no link "prova e gabarito", a partir das das 14 horas desta segunda-feira, 25/03/2013.

Ranking Concurso Papiloscopista da Polícia Civil de SP 2013: Participe!

O cargo de  Papiloscopista Policial de 3ª Classe possui remuneração a partir de R$ 2.848,36 (dois mil, oitocentos e quarenta e oito reais e trinta e seis centavos), correspondentes à soma dos valores do Salário-base, da Gratificação pelo Regime Especial de Trabalho Policial - RETP, e do Adicional de Local de Exercício de Nível I.
Veja o que dispõe o edital sobre as etapas do concurso da PC-SP:
"O Concurso será realizado em 4 (quatro) fases, a saber:
1.1. Prova Preambular, de caráter eliminatório e classificatório, que será constituída de questões objetivas, consistentes em testes de múltipla escolha, abrangendo disciplinas objeto do programa definido no Anexo III;
1.2. Prova de Aptidão Psicológica - PAP, de caráter unicamente eliminatório;
1.3. Prova de Aptidão Física - PAF, de caráter unicamente eliminatório;
1.3.1. Para os candidatos inscritos com base na Lei Complementar nº 683/92, a aplicação da Prova de Aptidão Física - PAF será adequada à respectiva necessidade especial, conforme o protocolo da Academia de Polícia "Dr. Coriolano Nogueira Cobra" - ACADEPOL (Anexo V).
1.3.2. Na hipótese de a deficiência impossibilitar a realização de qualquer um dos testes previstos no Anexo V deste Edital, o candidato será eliminado e, consequentemente, excluído do concurso.
1.4. Comprovação de idoneidade e conduta escorreita, mediante investigação social, de caráter unicamente eliminatório, conforme Lei Complementar nº 1.151/11, a ser realizada pela Corregedoria Geral da Polícia Civil."
O que achou da prova e da organizadora? Fácil ou difícil? Tudo correu perfeitamente? Alguma irregularidade? Deixe o seu comentário abaixo.



Delivered by FeedBurner

467 comentários:

«Mais antigas   ‹Antigas   401 – 467 de 467
Anônimo disse...

GALERA! AS VERSÕES DA PROVA ESTÃO NO SITE DA VUNESP! E O GABARITO ESTA PREVISTO PARA DIA 26 OU 27/03! O MEU FOI VERSÃO 2 E A DE VOCES?

Anônimo disse...

Sem dúvida 29 sequências

Anônimo disse...

3 cores de meias

Anônimo disse...

Era "16"!
Pois a primeira placa era 106
A segunda 61
E a terceira 16

Assim o intervalo entre as placas ficaram iguais '45'.

Anônimo disse...

Resposta certa seria "alguns Bas são Bis".

Pois a questão dizia:
Todos os Bas são Bes e alguns Bes são
Bis. Sabendo-se que nenhum Be é Bo

Bas=Bes Alguns Bes são Bis.
Ou seja se todos os Bas são Bes e alguns Bes são Bis.

Logicamente "alguns Bas são Bis".

Anônimo disse...

na minha sala , relógios apitavam e a fiscal "Leticia" não fez nada

robson eletro disse...

eram três cores de meias e para ter dois pares iguais eles tinham que retirar no Maximo 8

Cristian disse...

Nem me fale, eles apelaram na lógica!

Anônimo disse...

A resposta correta é 10...

Anônimo disse...

Acho que se esse gabarito for da versão 1, está meio por fora hein!! rsrsrs

Anônimo disse...

Acho que a resposta é 900...

Anônimo disse...

alguém sabe se matemática tem recurso alguma?

Anônimo disse...

ATENÇÃO SAIU O GABARITO:::::::::::

O CARA disse...

onde?

O CARA disse...

a minha prova era a versão 2 tem como alguem postar as respostas de direito e criminologia pra mim ter uma base.

Anônimo disse...

79

Lucas Lopes Gonçalves disse...

mano, num kero ser chato mas "mim" não conjuga verbo. O correto seria vc escrever "para eu ter uma base"

Anônimo disse...

Falta 1 menino que faria par com 2 meninas ..
Entao sao 11 meninas

Marcelo Pereira Santiago disse...

pow na boa, acho q essa dos pontos vai ser anulada, pq num tinha logica aparecer cento e lavai bolinha de pontos em apenas 15 segundos. (Se é q eu entendi questão, mas acho q seriam 15min, porém msm assim num bateu bagaça nenhuma de resultado!)

Anônimo disse...

Xii só amanhã o gabarito

Polícia Civil-SP - Papiloscopista Policial
Publicação do gabarito está prevista para amanhã (28/3), neste site, após confirmação da veiculação no Diário Oficial. Recursos ficam para os dias 1º., 2 e 3 de abril.
http://www.vunesp.com.br/pcsp1206/

Anônimo disse...

naooooooooooo errado

Anônimo disse...

e se tava viu aff informática então nem fala!

Fátima Dias disse...

kkkkkkkkkkkkkkk e eu tbem aff

Anônimo disse...

Depois do 5º segundo se não me engano, os vermelhos começariam a crescer a cada segundo...e subsequentemente o número de pontos brancos seria exatamente o número de pontos vermelhos anteriores, descobrindo quantos vermelhos iriam se formar você descobria todo o resto e somaria.

Anônimo disse...

nimguem ou nenhum site fez a correção das provas ainda???

Anônimo disse...

gente aolguém tem a versão 2 do gabarito?

Anônimo disse...

Não vi candidato andando com caderno pelos corredores, mas isso aconteceu na minha sala, 203, sexto andar, ao que parece os cadernos de questões estavam em desacordo com o pacote que continha os mesmos, ou seja , o fiscal abriu o pacote certo com as provas erradas, mas fui bem e só acho estranho a demora na saída dos gabaritos, acho que tão decidindo....

Anônimo disse...

Ocorreu sim ao que parece os cadernos estavam em desacordo com o pacote das provas, ou seja, o fiscal abriu o pacote certo com os cadernos errados, sexto andar barra funda sala 223. Acho que por isso tá rolando essa demora no gabarito, pq se solta o gabarito a confusão tá feita!

Anônimo disse...

Aconteceu sim, estavam errados o cadernos de questões com o saco de provas....

Anônimo disse...

Aconteceu sim, ao que parece os cadernos estavam em desacordo com os pacotes que continham os mesmos, ou seja o fiscal abriu o pacote certo com os cadernos errados, rolou uma pequena correria pra resolver isso ai, e não tinha relógio mas acho que 30 minutos de atraso (além dos 15 normais), fui bem e to no aguardo, mas acho que por isso da demora dos gabaritos, pq a cobra vai fuma.

Anônimo disse...

Essa parada ai da troca de cadernos rolou mesmo, ao que parece os cadernos estavam em desacordo com o pacote que continham os mesmos, ou seja, o fiscal abriu o pacote certo com os cadernos errados, rolou uma pequena correria, e acredito que 30 min depois (não estava de relógio) reiniciamos de onde paramos, fui bem, mas acho que por isso da demora no gabarito...

Wagner Borges de Oliveira disse...

eu acertei 40 no extra oficial e errei 40 metade 50% sera q da?

Anônimo disse...

pelas correções de professores por aí acertei 80% da prova, será que dá galera? ansiedade a miiiil

Bianca Veneroni disse...

Cade o gabarito extra oficial? Obrigada!

Lucas Lopes Gonçalves disse...

eu acertei entre 75% e 80% da prova...meu...muita gente pra pouca vaga. Tomara q a gente consiga.

O bom é q, se eu não conseguir dessa vez, o concurso para auxiliar de papiloscopista caí a mesma matéria.

Anônimo disse...

Qual sera a nota de corte ???

Anônimo disse...

Ao inves de recurso estuda meu amigo, eu gabaritei matematica e as resolução dos pontinhos era 189 total...

galera recurso só atrasa o concurso..

vai estudar rapaz ao inves de ficar entrando com recurso

Anônimo disse...

a resposta correta era 10 senhas

ex:

retirei 1 meia A
retirei 1 meia B
retirei 1 meia C

a decima tentativa sairia a 4 meia repetida, isto devido a pedir o maximo de tentativa, quem usou mdc nesta rodou galera... fiquem mais atentos no proximo..


prof formado e pos graduado em matematica/contabilidade...

Anônimo disse...

o correto 29 sequencia.... essa questão dava para contar nos dedos kkkkkkkk

quem errou deu bobeira

Anônimo disse...

Eu acho.que nao pq
20% de 1500,00 = 300,00 e o valor com desconto fica 1200,00
10% de 1375,00 = 137... E o valor com desconto nao bate




Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkk
e viva o portugueiz !

André Souza disse...

GABARITO JÁ ESTÁ DISPONÍVEL NO SITE DA POLICIA CIVIL...
BOA SORTE A TODOS!!!

André Souza disse...

Galera, preciso de 2 questões de Direito, 1 de Criminologia, e 1 de Lógica.No total acertei 53 questões.Sera que tenho alguma chance de passar?Levando em consideração os recursos ou uma possível anulação de questão??

Anônimo disse...

tava difícil pra caramba ow! :/
Mari

Anônimo disse...

kra vamos mandar recurso! preciso de 1 matemática!! será que tem alguma que caiba recurso, ah 59,60,61,63ou65 será que tem recurso valido?

André Souza disse...

Certamente lógica terá recurso devido ao nível de dificuldade...se este for seu único impedimento, tudo leva a crer que vc está dentro..
Meu caso já é mais complicado pq preciso de 4 questões..
De forma que vc deve acompanhar quais questões de lógica a maioria dos candidatos estão solicitando recurso e segue o fluxo rs..
Boa sorte cara!!!

Anônimo disse...

Agora sim, pelo gabarito oficial fiz 63, quase 80% e mais da metade em cada matéria, acho que dá sim Lucas, considerando que o grau de dificuldade foi difícil. Confiança e vamo que vamo!

Erik Reis disse...

referente a prova de rl, cabera recurso?

Erik Reis disse...

cabera recurso em RL?

Anônimo disse...

é galera não fui tão bem não mas acho que também não fui tão mau...acertei 31 questões...minha prova era versão 2....acho que não tenho chance mas vamos partir pra outra ..boa sorte aos aprovados...

Anônimo disse...

eu acertei 36.....versão 2....será que deu???? direito me pegou legal

Anônimo disse...

Pessoal bolamos um recurso para a questão 69 da prova para Papiloscopista PC/SP.

Recurso para anulação de questão 69; Informática - Prova Preambular - Papiloscopista Policial.

O Edital do concurso para Papiloscopista Policial, em seu Item 5.1, do Anexo III, referente às matérias exigidas no referido concurso grifa: "WINDOWS 7: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de trabalho, área de tranferência, manipulação de arquivos e pastas de uso dos menus, programas e aplicativos, interação com o conjunto de aplicativos.

Ocorre que a "questão 69" da Prova Preambular, aplicada no dia 24/03/2013 à partir das 13HS, possuia conteúdo adverso de QUALQUER uns dos ITENS elencados no Edital em tela.

Analisada por diversos especialistas no ramo grifado, chegou-se de maneira consensual a conclusão de que o conteúdo da "questão 69, Informática, Prova Preambular, Papiloscopista Policial", era contrário a todos previstos, estando totalmente fora do escopo do Edital.

A questão supra-referida, faz menção sobre o tratamento de "Hardware" para executar o sistema operacional.

Ademais, a questão remete claramente aos quesitos técnicos do EQUIPAMENTO, e não do Windows, como previa o Anexo III, Item 5.
Destarte, ante ao exposto, ficou evidenciado que todos os candidatos foram prejudicados por uma questão que os induzia a erro, e não tinha conteúdo previamente disponibilizado aos candidatos, ficando esses, impossibilitados de interagirem com a matéria exposta pela questão 69, devendo assim, implicar sua anulação.


Pessoal vamos nos juntar para a anulação desta questão, a Vunesp da muito valor para volume de recursos de uma mesma questão, recurso foi muito bem embasado.
Dias 1, 2 e 3 já sabem, todos copiando esse recurso para a anulação da questão.
Juntos conseguiremos.

Rogerio Salazar disse...

Pessoal, realmente as questões de raciocínio lógico estão de acordo com o nívrl fundamental exigido no edital?

Rogerio Salazar disse...

Concordo com vocês, no edital menciona raciocínio lógico nível fundamental e as nossas questões estão de acordo (comparativo) com as questões aplicadas para biólogo da Cetesb.

Anônimo disse...

RECURSO DA 57 EM PARTES
PARTE 1

Sr (a) Examinador (a).
Venho através pedir a revisão do gabarito no tocante a questão 57 pois seu enunciado faz referência a prevenção criminal secundária e sua resposta correta no gabarito fere dois incisos da Constituição Federal, o que faz com que o concursando ciente da Constituição do nosso País, e da Lei Nº 9.296 de 24 de julho de 1996 que regulamenta o artigo 5° inciso XII e das fases do processo penal, a optar por outra resposta que não fosse esta que foi considerada correta conforme o gabarito :
“d)em setores específicos ou de maior vulnerabilidade da sociedade, por meio de ação policial, programas de apoio e controle das comunicações.”
Considero que o controle das comunicações fere o artigo 5° inciso XII e sua Lei regulamentadora Nº 9.296 de 24 de julho de 1996 a mesma declara que: “é inviolável o sigilo da correspondência e das comunicações telegráficas, de dados e das comunicações telefônicas, salvo, no último caso, por ordem judicial, nas hipóteses e na forma que a lei estabelecer para fins de investigação criminal ou instrução processual penal” e sua Lei regulamentadora cita que:

“Art. 1º A interceptação de comunicações telefônicas, de qualquer natureza, para prova em investigação criminal e em instrução processual penal, observará o disposto nesta Lei e dependerá de ordem do juiz competente da ação principal, sob segredo de justiça.
Parágrafo único. O disposto nesta Lei aplica-se à interceptação do fluxo de comunicações em sistemas de informática e telemática.

Art. 2° Não será admitida a interceptação de comunicações telefônicas quando ocorrer qualquer das seguintes hipóteses:
I - não houver indícios razoáveis da autoria ou participação em infração penal;
II - a prova puder ser feita por outros meios disponíveis;
III - o fato investigado constituir infração penal punida, no máximo, com pena de detenção.

Art. 3° A interceptação das comunicações telefônicas poderá ser determinada pelo juiz, de ofício ou a requerimento:
I - da autoridade policial, na investigação criminal;
II - do representante do Ministério Público, na investigação criminal e na instrução processual penal.

teste disse...

RECURSO DA 57
PARTE 2
O conteúdo supracitado extraído da Constituição Federal e sua respectiva lei regulamentadora em seus artigos deixa claro que a interceptação ou controle das comunicações depende de ordem do juiz competente e somente se justifica para prova em investigação criminal e em instrução processual penal ou quando houver indícios razoáveis da autoria ou participação em infração penal .
Compreendendo que depende de ordem do juiz competente para tal interceptação ou controle, conclui-se que já estamos falando da segunda fase de um processo, ou seja, o inquérito, onde há uma denúncia de crime ou infração a ser investigada, e durante sua investigação se faz necessário para agregar prova ao processo é feita a interceptação, como esta é feita durante o inquérito, não cabe o conceito de prevenção, uma fez se que já existe um crime ou infração sendo investigado e seu embasamento legal para a interceptação na Lei.
No conceito de prevenção não cabe a interceptação das comunicações porque não houve crime ou infração que justificasse, uma vez que para obtermos essa ordem que deve ser expedida pelo juiz, obrigatoriamente deve haver denúncia para que possa instaurar inquérito contra um ou mais agentes criminosos.
Se não há denúncia, não há inquérito, se não há inquérito, não há investigação, se não há investigação, não há expedição de ordem do juiz.
E conforme o Art. 5º “Todos são iguais perante a Lei”não pode o juiz determinar o controle das comunicações embasado “ em setores específicos ou de maior vulnerabilidade da sociedade” pois estaria usando parâmetros como áreas de risco, comunidades carentes, índices de criminalidade e classes sociais. Uma ordem embasada nesses parâmetros fere também o direito de igualdade.


Se a abordagem do termo “controle das comunicações” se refere a televisão, rádio e outros meios de comunicação, a Constituição Federal no seu artigo 220 proíbe qualquer espécie de censura ou restrição, seja de natureza política, ideológica ou artística e no artigo 5º inciso IV diz que é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.

Então mesmo o “controle das comunicações” sendo um item da prevenção secundária, tornou a resposta da referida questão confusa e passível de erro, porque não poderíamos optar por uma resposta que vai contra o que está escrito na Constituição Federal e suas Leis reguladoras.

Peço-vos que revise o gabarito e tome as providências cabíveis.

Obrigado

***ANDARILHA

Anônimo disse...

80% da prova será que dá pra ficar entre os 100 primeiros? E se não ficar, será que tem chances de se classificar na lista final? Ansiedade puraa!

Anônimo disse...

Teve provas trocadas na Barra Funda. Não vão cancelar as provas de SP? Absurdo isso!

Anônimo disse...

Na minha sala na UNINOVE da Barra Funda, as provas vieram trocadas. Precisamos fazer recurso para cancelar essas provas de SP. Absurdo!

teste disse...

RECURSO 56 EMBASAMENTO


Da proteção a vítimas e testemunhas Lei Nº 9.807, DE 13 DE JULHO DE 1999. artigo 7o inciso VII - apoio e assistência social, médica e psicológica” ( além de outras providências ).
Temos também a conhecida Lei Maria da Penha a Lei número 11.340, nos seus artigos seguintes:
“Art. 29. Os Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher que vierem a ser criados poderão contar com uma equipe de atendimento multidisciplinar, a ser integrada por profissionais especializados nas áreas psicossocial, jurídica e de saúde.
Art. 31. Quando a complexidade do caso exigir avaliação mais aprofundada, o juiz poderá determinar a manifestação de profissional especializado, mediante a indicação da equipe de atendimento multidisciplinar.” garantem a vítima atendimento por uma equipe multidisciplinar, inclusive assistência psicológica entre outros auxílios encontrados na mesma Lei.
Porém Lei nº. 9.099/95 privilegiou-se o sujeito passivo do crime, dando-se extrema importância à reparação civil dos danos nos artigos seguintes:
Art. 72. Na audiência preliminar, presente o representante do Ministério Público, o autor do fato e a vítima e, se possível, o responsável civil, acompanhados por seus advogados, o Juiz esclarecerá sobre a possibilidade da composição dos danos e da aceitação da proposta de aplicação imediata de pena não privativa de liberdade. Art. 89. Nos crimes em que a pena mínima cominada for igual ou inferior a um ano, abrangidas ou não por esta Lei, o Ministério Público, ao oferecer a denúncia, poderá propor a suspensão do processo, por dois a quatro anos, desde que o acusado não esteja sendo processado ou não tenha sido condenado por outro crime, presentes os demais requisitos que autorizariam a suspensão condicional da pena (art. 77 do Código Penal).
§ 1º Aceita a proposta pelo acusado e seu defensor, na presença do Juiz, este, recebendo a denúncia, poderá suspender o processo, submetendo o acusado a período de prova, sob as seguintes condições:
I - reparação do dano, salvo impossibilidade de fazê-lo;
II - proibição de freqüentar determinados lugares;
III - proibição de ausentar-se da comarca onde reside, sem autorização do Juiz;
IV - comparecimento pessoal e obrigatório a juízo, mensalmente, para informar e justificar suas atividades.
§ 2º O Juiz poderá especificar outras condições a que fica subordinada a suspensão, desde que adequadas ao fato e à situação pessoal do acusado.
§ 3º A suspensão será revogada se, no curso do prazo, o beneficiário vier a ser processado por outro crime ou não efetuar, sem motivo justificado, a reparação do dano.
§ 4º A suspensão poderá ser revogada se o acusado vier a ser processado, no curso do prazo, por contravenção, ou descumprir qualquer outra condição imposta.
§ 5º Expirado o prazo sem revogação, o Juiz declarará extinta a punibilidade.
§ 6º Não correrá a prescrição durante o prazo de suspensão do processo.
§ 7º Se o acusado não aceitar a proposta prevista neste artigo, o processo prosseguirá em seus ulteriores termos.
Ação de reparação de dano - Ação que tem por objetivo obrigar aquele que, por ação ou omissão voluntária, negligência, ou imprudência, violar direito, ou causar prejuízo a outrem, fica obrigado a reparar o dano. A verificação da culpa e a avaliação da responsabilidade regulam-se pelos Arts. 1.518 a 1.532 e 1.537 a 1.553 do Código Civil. Veja também o Art. 159 do mesmo Código.
Ação civil de reparação de dano - Destina-se à reparação, em favor da própria vítima, de um dano causado pela prática de um crime.


***ANDARILHA

Anônimo disse...

RECURSO 56 QUESTIONAMENTO
Sr (a). Examinador (a).
Venho através desta interpor recurso a questão 56, pois ela possui duas respostas consideradas corretas e que juntas abrangem melhor o conceito vitimologia, elas estão amparadas por leis diferentes citadas no embasamento deste instrumento.
Diante do termo vitimologia, podemos perceber abrangência do seu conceito, e no Brasil dispomos de três leis que auxiliam a vítima, então não podemos tomar por única a lei 9.099 que remete apenas a reparação de danos e prejuízos , a justiça dispõe de outras duas leis que proporcionam a vítima não só a reparação de danos mais também assistência social, médica e psicológica, conforme o crime sofrido pela vítima. Diante das leis disponíveis não podemos limitar o termo vitimologia apenas a reparação de danos, ainda mais com o enunciado: “...baseada numa tendência política criminal eficiente...” . O conceito de eficiência observa de que maneira aquela vitima deve ser auxiliada, ou seja, o que mais convém naquele caso em especial conforme o crime sofrido pela vitima, onde o juiz diante do processo toma as providências conforme o crime cometido e as necessidades da vítima em questão.
Após conceituar a vitimologia, elencar seu objeto, classificar as vítimas em bases resultantes da observação e da experiência, conforme Mendelsohn, relacionar vitimologia e aplicação da pena e ainda, seu enfoque quanto a reparação do dano, concluímos que o exame vitimológico é essencial à correta aplicação do Direito.
56.O estudo da vitimologia atual, baseada numa tendência política criminal eficiente, privilegia:
(A) a reparação dos danos e indenização dos prejuízos da vítima.
(B) a assistência social ao delinquente, bem como um atendimento eficiente do poder público.
(C) a assistência psicológica à vítima e tratamento adequado ao delinquente, para sua recuperação.
(D) uma punição exemplar para o delinquente, de forma que se cumpra a função retributiva da pena.
(E) uma pena que recupere o delinquente, sociabilizando-o, com trabalho e educação.
Conforme o caderno de prova número 4 as duas respostas certas são a A e a C.
Vitimologia: Conceito e objeto
Vitimologia é o estudo da vítima sob todos os aspectos, possuindo assim, um caráter multi e interdisciplinar, nesse sentido, conforme assevera Eduardo Mayr, vitimologia constitui:
“... o estudo da vítima no que se refere à sua personalidade, quer do ponto de vista biológico, psicológico e social, quer o de sua proteção social e jurídica, bem como dos meios de vitimização, sua inter-relação com o vitimizador e aspectos interdisciplinares e comparativos”. (apud RIBEIRO, 2001, p. 30)

PEÇO-VOS QUE AVALIE E TOME AS PROVIDÊNCIAS CABÍVEIS OBRIGADO

Anônimo disse...

Que dia que sai a "CONSULTA DOS RESULTADOS" no site da Vunesp??Quando sair será a unica forma de saber caso eu tenha estado no número de vaga e irei para proxima fase ?

Anônimo disse...

Concordo também....

Anônimo disse...

Como se sabe quando é 001 e a versão?

Anônimo disse...

Para gente!! Tava Fácil de mais, que que era aquilo!!!

Anônimo disse...

Muito fácil!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

como sabemos quem passou?

«Mais antigas ‹Antigas   401 – 467 de 467   Recentes› Mais recentes»